Quarta, 26 de Janeiro de 2022
31°

Nuvens esparsas

Campo Grande - MS

Polícia Monstro!

Professoras descobrem que menina de 2 anos foi estuprada

A menina era abusada pelo pai da babá, que ela chamava de ‘vovô’

11/01/2022 às 15h19 Atualizada em 11/01/2022 às 15h23
Por: Redação Fonte: Midiamax
Compartilhe:
Professoras descobrem que menina de 2 anos foi estuprada

Durante um banho em uma creche, em cidade de Mato Grosso do Sul, professoras descobriram que uma criança de 2 anos, havia sido estuprada pelo pai da babá. A menina mostrou que era abusada fazendo gestos com uma boneca na creche.

Segundo consta na denúncia, a mãe, por conta do seu trabalho, deixava sua filha sob os cuidados da babá, a qual, diariamente, às 7 horas da manhã levava a criança até uma creche e, no fim da tarde a buscava e a levava para dormir em sua casa. A criança dormia mais na casa da babá do que na sua residência.

A menina era abusada pelo pai da babá, que ela chamava de ‘vovô’. A mãe descobriu os estupros, quando foi buscar a filha na creche para levá-la ao médico, já que a criança estava com infecção no órgão genital. Foi dito à mãe, que ao tentarem dar banho na menina retirando a sua fralda, ela ficou apavorada.

Além disso, as professoras perceberam que a criança passou a apresentar comportamento estranho, pois sempre que ia tomar banho chorava, tinha receio que a tocassem e, por vezes, tremia quando iam tirar sua roupa. A professora teria observado que as partes íntimas da menina estavam vermelhas. 

A criança, então, com o auxílio de uma boneca mostrou que era abusada pelo ‘vovô’. O homem, de 76 anos, acabou preso e condenado a 8 anos de reclusão em regime semiaberto, com direito de recorrer em liberdade. Tanto Ministério Público, quanto a defesa apelaram pela absolvição. Mas, o recurso foi negado e a pena mantida, com o novo julgamento no dia 16 de dezembro de 2021.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias