Quarta, 26 de Janeiro de 2022
31°

Nuvens esparsas

Campo Grande - MS

Geral Parque Tecnológico!

Avançam os estudos para implantação do parque tecnológico de Campo Grande

A proposta está sendo construída com a participação de todos os segmentos da sociedade

06/01/2022 às 11h06 Atualizada em 06/01/2022 às 11h15
Por: Redação Fonte: CGNotícias
Compartilhe:
Avançam os estudos para implantação do parque tecnológico de Campo Grande

O Grupo Especial de Estudo (GEE) criado para subsidiar o projeto de implantação do Parque Tecnológico e de Inovação de Campo Grande, a Estação Digital, iniciou nessa quarta-feira (5) uma série de reuniões setorizadas. “As reuniões serão divididas para direcionar os assuntos específicos de cada área de atuação, fluindo melhor os debates sobre os temas a serem discutidos no encontro geral entre todos os setores”, declara Diego Souza, coordenador do projeto pela Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio (Sidagro).

Jonatas Rodrigues Castelli, representante da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) atuando também no Parque Tecnológico de Ponta Porã, participou da reunião com sugestões que fortalecem a estruturação do projeto.

“Nessas reuniões conseguimos captar mais especificidades de cada instituição, sendo muito útil para compreendermos melhor o projeto” afirmou Jonatas, destacando os debates a respeito das questões jurídicas que envolvem a implantação do Parque Tecnológico de Campo Grande.

“Temos muito a compreender nessa parte da proposta, principalmente no que diz respeito à propriedade intelectual, que é muito importante para as universidades e também para as empresas” concluiu ele.

O GEE é formado por 42 pessoas indicadas pelo poder executivo municipal e estadual, pelo legislativo municipal, institutos de ciência e tecnologia, entidades de classes e pessoas com notório conhecimento do tema. O grupo tem como meta subsidiar o estudo e a estruturação do projeto e as demais ações de implantação do Parque Tecnológico e de Inovação, denominado Estação Digital.

A proposta está sendo construída com a participação de todos os segmentos da sociedade, ouvindo e discutindo sugestões para a elaboração de um projeto que contemple as reais necessidades do mercado, para que a Estação Digital seja um lugar de empreendedores gerando ideias e negócios inovadores, envolvendo desde economia criativa até grandes soluções para as empresas e para a cidade.

Calendário

A reunião de ontem foi realizada entre os representantes das universidades locais. Na sexta-feira (7) haverá reunião com convidados que possuem notório conhecimento sobre o tema.

No dia 11, terça-feira da próxima semana, será a vez de conversar com os representantes da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), do Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC), do Conselho Municipal de Proteção ao Patrimônio Histórico (CMPPH), do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul (IHGMS).

E, na próxima semana, os debates e novas sugestões serão fornecidos pelos representantes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) e da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundect).

Seguindo as ações, a Sidagro está planejando para fevereiro o lançamento da pedra fundamental do Parque Tecnológico e de Inovação de Campo Grande – Estação Campo Grande.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias