Sexta, 26 de Novembro de 2021
27°

Trovoada

Campo Grande - MS

Economia Só problema!

PROCON Campo Grande autua loja com produtos vencidos e propaganda enganosa na black friday

Os fiscais também encontraram 16 produtos vencidos

25/11/2021 às 16h40
Por: Redação Fonte: CGNotícias
Compartilhe:
PROCON Campo Grande autua loja com produtos vencidos e propaganda enganosa na black friday

O Procon Campo Grande autuou uma loja no Centro de Campo Grande nesta quinta-feira (25). Os fiscais foram ao comércio varejista após uma denúncia no canal 156, da Prefeitura de Campo Grande.

O consumidor relatou que a loja apresentava um desconto no preço pela Black Friday e no caixa cobrava o valor normal do produto. Durante a fiscalização a equipe constatou a propaganda enganosa.

Um dos produtos, no cartaz oferecia 50% de desconto, era cobrado sem o abatimento no caixa, apresentando divergência de preço e a propaganda enganosa.

Os fiscais também encontraram 16 produtos vencidos, incluindo salgadinhos e pacote de arroz. O estabelecimento foi autuado com base na Lei 8.078, de 11 de Setembro de 1990. O estabelecimento tem o prazo de 10 dias para apresentar uma defesa no Procon Municipal na Av. Afonso Pena, 3128.

“É normal, nesta semana de Black Friday, as pessoas ficarem ansiosas pelas compras, mas é preciso ter muito cuidado com as propagandas enganosas e divergências de preço. Solicite sempre o cupom fiscal. Na euforia, às vezes, acabamos nem conferindo os valores no cupom fiscal. Por isso, pesquise, compare os preços e faça sua escolha consciente. Quando falamos em produtos alimentícios, devemos ter o hábito de olhar a validade e caso você encontre algo irregular, chama o Procon Municipal. Nosso canal de denúncias é o 156”, alertou diretor do Procon-Campo Grande, Cleiton Thiago.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias