Sexta, 26 de Novembro de 2021
27°

Trovoada

Campo Grande - MS

Geral Tragédia!

Corpo de Bombeiros e Marinha retomam buscas por desaparecidos em naufrágio de barco

As buscas seguem intensas neste sábado para localizar a última vítima

16/10/2021 às 10h52
Por: Redação
Compartilhe:
Corpo de Bombeiros e Marinha retomam buscas por desaparecidos em naufrágio de barco

O Corpo de Bombeiros Militar e a Marinha, por meio da Capitania Fluvial do Pantanal, retomaram as buscas pelos desaparecidos no naufrágio do barco de esporte e recreio Carcará, na tarde de sexta-feira (15), na região do Tagiloma, no rio Paraguai, durante chuva e ventos que atingiram rajadas de mais de 64 km/h. 

Os bombeiros confirmaram nesta manhã de sábado, seis mortes. Os corpos foram encontrados e dois deles identificados como Fernando Gomes e Geraldo Alves. Há um desaparecido.  A equipe de mergulhadores está sendo reforçada com o envio de mais bombeiros especialistas em buscas.  

Com auxílio da Marinha e de oficiais de Corumbá, as buscas foram intensificadas na manhã deste sábado. Pelo menos 12 mergulhadores e especialistas na área foram enviados de Campo Grande para a região.

Segundo a Marinha, no momento do acidente, os ventos chegaram a 45 km/h. O barco, conhecidos na região como barco de esporte e recreio, afundou em trecho do Rio Paraguai, a cerca de 10 km de Corumbá.

Como a contratação do modelo da embarcação normalmente é feita direto com o dono ou um piloteiro, dados de quem está embarcando não costumam ser repassados a Marinha, o que está dificultando a identificação dos desaparecidos e até mesmo de quem fazia parte da tripulação.

O naufrágio

Passageiros resgatados ainda no local do acidente

Vinte e uma pessoas estavam no barco, que voltava para Corumbá, quando começou a tempestade e o barco naufragou a cerca de 10 quilômetros da área urbana. Quatorze pessoas foram resgatadas pouco depois do acidente. Dos 21 passageiros, doze são do estado de Goiás e o restante, tripulantes. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias