Domingo, 19 de Setembro de 2021
32°

Alguma nebulosidade

Campo Grande - MS

Polícia Ataques de pit bull

Polícia Civil esclarece sequência de ataques de cães da raça pit bull em Três Lagoas

Os policiais localizaram os animais no quintal de uma casa

15/09/2021 às 14h45 Atualizada em 15/09/2021 às 15h44
Por: Kalyne Amorim Fonte: Polícia Civil - MS
Compartilhe:
Polícia Civil esclarece sequência de ataques de cães da raça pit bull em Três Lagoas

Três Lagoas (MS) - Na manhã do dia 30 de agosto, investigadores da 1ªDelegacia de Polícia de Três Lagoas se dirigiram a rua Oscar Guimarães, no centro da cidade, onde ocorreu ataques de cachorros da raça Pit Bull. A vítima relatou que ao abrir o portão de sua residência e se posicionar na calçada com seus dois animais da raça Basset visualizou os cachorros da raça Pit Bull correndo pela rua.

Ela contou ainda que viu sua vizinha recolher seus filhos pequenos, para dentro da residência e, em seguida, os Pit Bulls vieram em sua direção, mas como a cachorra “Mel” estava na sua frente, o primeiro Pit Bull a atacou pelo pescoço e o outro a mordeu pelo meio e começaram a puxá-la.

A vítima contou que tentou proteger sua cachorra do ataque, porém também foi atacada em seu braço direito provocando lesões. Vizinhos com um pedaço de madeira conseguiram afugentar os cachorros, contudo, sua cachorra “Mel” não resistiu aos ferimentos e morreu.

A equipe policial iniciou as investigações e descobriu que diversos moradores relataram ataques daqueles animais. A investigação apontou ainda que o proprietário dos animais reside na rua Oscar Guimarães, bairro Lapa.

Os policiais localizaram os animais no quintal de uma casa. Eles foram reconhecidos pelas vítimas, conforme fotos publicadas em redes sociais. O proprietário dos animais, de 66 anos de idade, foi apresentado à Autoridade Policial, e vai responder por Omissão de Cautela na Guarda ou Condução de Animais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias