Quinta, 05 de Agosto de 2021 18:07
0
Polícia OPERAÇÃO PF

PF combate disseminação de pornografia infantil pela internet

Dois homens foram presos em flagrante durante o cumprimento do mandado de busca

21/07/2021 17h54
Por: Redação Fonte: Polícia Federal
PF combate disseminação de pornografia infantil pela internet

Divinópolis/MG – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (21/7) a Operação Policial TODDY, para combater disseminação de pornografia infantil pela internet na região de Passos/MG.

Policiais federais identificaram a publicação de arquivos de imagem ocorridos por meio de aplicativo de bate papo, os quais apresentavam nudez e abuso sexual de crianças do sexo feminino.

No curso da investigação, foi possível identificar o autor das transmissões. As apurações ocorreram em regime de urgência, diante do surgimento de indícios de que o suspeito pretendia abusar de vítima menor de idade.

A PF representou por mandado de busca e apreensão, expedido pela 35ª Vara Federal de Minas Gerais e cumprido hoje na casa do suspeito.

Durante a deflagração da operação, foram encontrados pela PF diversos arquivos digitais armazenados nos telefones celulares do investigado, de 24 anos, e de seu irmão, de 27 anos, contendo cenas de abuso sexual infantil.

A PF prendeu ambos em flagrante e os conduziu para a Delegacia Regional de Polícia Federal em Divinópolis, onde está sendo lavrado o auto de prisão em flagrante pelo crime previsto no artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente, que possui pena máxima de quatro anos de reclusão.

Será realizada análise nos celulares apreendidos, que poderá ensejar indiciamento pelo crime previsto no artigo 241-A do mesmo Estatuto (pena máxima de seis anos de reclusão), caso reste comprovada a transmissão de arquivos contendo abuso sexual infantil.

Após o término dos procedimentos, os presos serão encaminhados ao presídio, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando.

Ele1 - Criar site de notícias