Domingo, 25 de Julho de 2021 06:10
0
Polícia Velho conhecido!

Polícia Civil prende condenado pela prática dos crimes de abigeato e organização criminosa

O homem de 59 anos foi informado de que estava sendo procurado pela Justiça

16/06/2021 08h38
Por: Redação Fonte: Polícia Civil MS
Polícia Civil prende condenado pela prática dos crimes de abigeato e organização criminosa

Ribas do Rio Pardo - Na noite desta terça-feira (15), o Setor de Investigações Gerais da Delegacia de Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo prendeu um homem de 59 anos, condenado definitivamente pela prática dos crimes de abigeato e organização criminosa.

Segundo apurado, no ano de 2016, uma organização criminosa subtraiu mais de 90 cabeças de gado de uma fazenda situada em Ribas do Rio Pardo.

Na ocasião, o S.I.G. de Ribas e o Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros) realizaram ação conjunta e conseguiram recuperar os animais subtraídos e prender em flagrante todos os membros do grupo criminoso, sendo que, no total, pelo menos 8 homens foram autuados em flagrante.

Na época, alguns dos suspeitos, incluindo o homem de 59 anos obtiveram o direito de responder em liberdade ao procedimento criminal.

Ao final, todos os réus foram condenados e o indivíduo de 59 anos, que era morador de Ribas, sofreu uma pena de 5 anos e 3 meses de reclusão, no regime inicial semiaberto, e pagamento de 165 dias-multa.

Recentemente, a sentença condenatória transitou em julgado e foram expedidos mandados de prisão contra todos os envolvidos. De posse do mandado de prisão, o S.I.G. efetuou diversas diligências para localizar o atual paradeiro do morador deste Município.

Depois de intensas investigações, a equipe policial conseguiu descobrir que o condenado estava, atualmente, morando no Bairro Jardim das Palmeiras e que, todo dia, saía de madrugada para trabalhar na zona rural

Com essas informações, na presente data, dois Investigadores e um Delegado do S.I.G. montaram ação estratégica e conseguiram abordar o sentenciado no exato momento em que saía para trabalhar.

O homem de 59 anos foi informado de que estava sendo procurado pela Justiça e, logo após, recebeu voz de prisão, sendo, por fim, encaminhado à Delegacia, local onde permanecerá à disposição da Justiça.

Ele1 - Criar site de notícias