Segunda, 21 de Junho de 2021 06:36
0
Entretenimento Montagem

Mia Khalifa na CPI da Covid? Ex-atriz pornô surpreende fãs com montagem

A famosa já foi um dos assuntos mais comentados do Twitter após ser citada por senadores brasileiros

10/06/2021 07h57
Por: Andressa Macedo Fonte: Metrópoles
Reprodução
Reprodução

A ex-atriz pornô Mia Khalifa surpreendeu os fãs brasileiros, nesta quarta-feira (9/6), ao publicar uma montagem na qual aparece depondo na CPI da Covid. Mia já está acostumada com os memes após se tornar um dos assuntos mais comentados do Twitter por causa da CPI.

Citada largamente por senadores brasileiros, a ex-estrela de filmes adultos já chegou a negar que é médica. Mas, em vez de se irritar com a polêmica, ela caiu na brincadeira.

Na legenda da montagem, Mia escreveu: “Uma mulher do povo”. Disse, ainda, que passa o dia tomando café, dormindo e assistindo TV. “E mesmo assim ela arruma tempo para salvar o Brasil da Covid”, comentou um fã.

Outras CPIs talvez não tiveram tanta repercussão como a atual, que investiga supostas irregularidades e omissões do governo federal durante a pandemia de Covid-19. Em dias de depoimentos, o assunto é sempre um dos mais comentados nas redes sociais, seja por falas polêmicas ou pelos memes.

Um dos episódios recentes que deu o que falar envolveu a ex-atriz pornô Mia Khalifa, e o senador Luis Carlos Heinze (PP-RS).

O senador pertence a “tropa de choque” da base governista de Jair Bolsonaro na CPI, e é um dos defensores do tratamento precoce no combate a Covid-19. Como forma de defender seu ponto de vista, Heinze adota uma estratégia que consiste em desacreditar estudos científicos publicados em importantes revistas da área, que comprovam a ineficácia de medicamentos como cloroquina e hidroxicloroquina no combate à doença.

Durante a sessão do último dia 25, o parlamentar usou como exemplo o caso de uma empresa que conduziu pesquisas publicadas nas revistas The Lancet e New England Journal of Medicine, apontando que o tratamento precoce com os medicamentos defendidos por ele era ineficaz.

Posteriormente, o jornal britânico The Guardian descobriu que a Surgisphere (citado pelo parlamentar) tinha indícios de ser de fachada. Além da falta de transparência de dados e a inconsistência nos levantamentos realizados, ainda foi descoberto que uma das executivas da empresa seria uma atriz pornô, não identificada.

Foi depois dessa fala que Carlos Heinze conseguiu confundir toda a internet, colocando Mia Khalifa, e uma fake news envolvendo seu nome, em um dos principais assuntos da CPI daquele dia.

Ele1 - Criar site de notícias