Segunda, 21 de Junho de 2021 07:10
0
Esportes Avançou pra Semi!

Na volta ao Morumbi, São Paulo vence a Ferroviária e pega o Mirassol na semi do Campeonato Paulista

Tricolor domina o jogo contra a Ferrinha e conta com gols de Gabriel Sara, Liziero, Igor Vinicius e Pablo para avançar de fase no estadual, onde enfrentará o Mirassol no domingo

15/05/2021 08h26
Por: Andressa Macedo Fonte: Lancenet
São Paulo se classificou às semifinais do Campeonato Paulista (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)
São Paulo se classificou às semifinais do Campeonato Paulista (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

O São Paulo venceu a Ferroviária por 4 a 2, no Morumbi, pelas quartas de final do Campeonato Paulista e garantiu sua vaga para as semifinais. Gabriel Sara, Liziero, Igor Vinicius e Pablo marcaram para o Tricolor, enquanto Renato Cajá e Bruno Mezenga descontaram. 

Agora, o clube do Morumbi tem na semifinal do Campeonato Paulista, o duelo diante do Mirassol, no domingo, também no Morumbi, às 20h30.

Jogo começa com Saulo salvando a Ferroviária

O primeiro tempo iniciou agitado, com o São Paulo chegando ao ataque logo com um minuto de jogo. Lizero interceptou o passe na intermediária do ataque e tocou para Pablo na entrada da área. O atacante cortou para a esquerda e bateu forte para a defesa de Saulo. Na cobrança de escanteio, Benítez quase marcou o gol olímpico.

O Tricolor apostava nos escanteios para levar perigo para a Ferrinha. Além do canto batido por Benítez, Reinaldo bateu com efeito aos dez minutos e mais uma vez Saulo foi obrigado a trabalhar. 

Ferroviária chega e São Paulo assusta novamente

Depois da pressão inicial, a Ferroviária teve mais controle e chegou com perigo aos 25 minutos. Léo tentou recuar a bola no campo de defesa, mas Rogério chegou apertando. A bola sobrou para Bruno Mezenga, que puxou para a direita e bateu para fora, assustando o goleiro Tiago Volpi.

Pouco depois, foi a vez do São Paulo responder. Benítez arriscou o chute de direita da entrada da área, pegou forte na bola, mas Saulo voou e espalmou para longe, fazendo grande defesa.

Sara e Liziero abrem vantagem para o Tricolor

O jogo ia passando e o São Paulo demonstrava mais controle da partida. O domínio se transformou em gol aos 28 minutos. Igor Vinícius recebeu a bola de Benítez, cortou para o meio e cruzou na medida para Gabriel Sara. O camisa 21 chegou dando um toquinho de esquerda para tira do goleiro e abrir o placar no Morumbi. 

O primeiro gol deu tranquilidade ao São Paulo, que chegou ao segundo cinco minutos depois. Igor Vinícius cruzou rasteiro, Sara desviou, e Lizeiro chegou batendo de esquerda. Saulo até fez a defesa, mas a bola acabou indo devagarinho para dentro do gol e ultrapassou a linha, marcando mais um gol para o Tricolor paulista.

Ferroviária desconta com golaço

Na metade final do segundo tempo, duas faltas chamaram atenção na partida. A primeira foi do São Paulo, aos 36 minutos. Reinaldo mandou um foguete de esquerda no gol de Saulo, que só teve tempo de espalmar para longe. 

Já aos 42 minutos, foi a vez da Ferroviária. E o time de Araraquara aproveitou, com um golaço. Renato Cajá cobrou com muita categoria no ângulo de Volpi. A bola fez a curva, sem chances para o arqueiro do Tricolor, descontando o placar para a Ferrinha.

Segundo tempo começa e Ferroviária perde principal jogador 

O começo do segundo tempo foi de um São Paulo mais comedido e com a Ferroviária apertando o Tricolor. Com um minuto, Rogério tentou roubar a bola na linha de fundo, na área, mas acabou se jogando para tentar cavar o pênalti. O árbitro mandou seguir.

Logo depois, um baque para a Ferrinha. Renato Cajá tentou avançar pela direita, mas parou na marcação de Lizeiro. O camisa 10 da Ferroviária ficou com dores na coxa esquerda e precisou sair de campo.

Igor Vinicius marca o terceiro do São Paulo

Depois da lesão de seu camisa 10, a Ferroviária parece que sentiu e tomou o terceiro tento. Aos seis minutos, Benítez recebeu a bola na entrada da área, pela esquerda, e mandou um belo passe no meio da zaga para Igor Vinícius. O lateral se esticou para chegar batendo e marcar, ampliando o marcador. 

Após o terceiro gol do Tricolor, o jogo ficou mais preso no meio-campo, com os comandados de Crespo tocando mais a bola e a Ferroviária não conseguindo levar perigo para a meta de Tiago Volpi.

São Paulo continua em cima e marca o quarto

O jogo continuou bom para o São Paulo, que pressionava a Ferroviária. Não demorou muito para chegar ao quarto gol, com mais uma bela jogada do meia Martín Benitez. 

Aos 20 minutos, Pablo recuperou a bola no campo de ataque e tocou para Benítez. O meia dominou de costas para a marcação, esperou o atacante passar e tocou nas costas da marcação deixando o camisa nove na cara do gol. Pablo só chutou na saída do goleiro para ampliar.

Jogo cai de ritmo e Ferroviária diminui

Com o quarto gol, os comandados de Hernán Crespo passaram a administrar mais a partida, tocando a bola e não dando chances para a Ferroviária, mas também não ameaçando a meta do goleiro Saulo. 

Com o São Paulo diminuindo o ritmo, a Ferroviária aproveitou e diminuiu o marcador, aos 37 minutos. Bruno Mezenga recebeu por trás da Miranda, com Arboleda dando condições. O artilheiro do Campeonato Paulista dominou, girou e bateu na saída de Volpi para marcar seu nono gol na competição. 

Ferrinha fica com um a menos no fim da partida

O jogo ia bem tranquilo para o São Paulo e a situação melhorou ainda mais aos 43 minutos. Yuri fez falta em Hernanes matando um ataque perigoso e recebeu o segundo cartão amarelo. 

Dois minutos depois, Rojas pegou a bola na ponta esquerda, trouxe para o meio e bateu de fora da área, para a defesa de Saulo. Aos 48, Hernanes recebeu a bola ajeitada na área, chegou batendo de esquerda tentando chapar no gol, mas pegou mal e mandou para trás.

Fim de jogo e classificação do São Paulo para às semifinais do Campeonato Paulista. 

SÃO PAULO 4 X 2 FERROVIÁRIA

Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)

Data/Horário: 14 de maio de 2021 (sexta-feira), às 21h30 (de Brasília)

Arbitro: Salim Fende Chavez

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Ines Back

VAR: Jose Claudio Rocha Filho

Cartões amarelos: Miranda, Liziero (São Paulo), Yuri, Guilherme Bala (Ferroviária)

Cartões vermelhos: Yuri (Ferroviária)

Gols: 1x0 Gabriel Sara (28'1ºT), 2x0 Liziero (33'1ºT), 2x1 Renato Cajá (42'1ºT), 3x1 Igor Vinicius (06'2ºT), 4x1 Pablo (20'2ºT)

SÃO PAULO

Volpi; Arboleda, Miranda e Léo; Igor Vinicius, Luan (William, aos 28'2ºT), Liziero (Hernanes, aos 33'2ºT), Benítez (Rojas, aos 21'2ºT), Gabriel Sara (Shaylon, aos 28'2ºT) e Reinaldo; Pablo (Vitor Bueno, aos 21'2ºT). Técnico: Hernán Crespo.

FERROVIÁRIA

Saulo; Diogo Mateus, Didi, Matheus Salustiano e Arthur Henrique (Igor Fernandes, aos 34'2ºT); Higor Meritão (Guilherme Bala, aos 13'2ºT), Zanocelo, Rogério (Hygor, aos 34'2ºT), Renato Cajá (Yuri, aos 04'2ºT) e Felipe Marques (Julio Vitor, aos 34'2ºT); Bruno Mezenga . Técnico: Elano Blumer

Ele1 - Criar site de notícias