Segunda, 21 de Junho de 2021 06:32
0
Dólar comercial R$ 5,07 0.92%
Euro R$ 6,02 +0.62%
Peso Argentino R$ 0,05 +0.88%
Bitcoin R$ 177.976,13 -6.505%
Bovespa 128.405,35 pontos +0.27%
Economia Gás de cozinha

Bolsonaro diz trabalhar com a Petrobras para baixar preço de botijão

Mandatário relatou ainda que a população não pode culpá-lo pela alta no preço da gasolina

14/05/2021 15h06
Por: Andressa Macedo Fonte: correiobraziliense.com.br
Bolsonaro diz trabalhar com a Petrobras para baixar preço de botijão

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (14/5) que trabalha em conjunto com o presidente da Petrobras, o general Joaquim Silva e Luna, para reduzir o preço do gás de cozinha. Declaração ocorreu no Mato Grosso do Sul. O mandatário relatou ainda que a população não pode culpá-lo pela alta no preço da gasolina.

"O ICMS não é valor fixo, é percentual; tem bitributação em cima disso. Mandei projeto para o Congresso. Fui avisado que seria derrotado. Seguramos. Falei com Lira para negociar não um valor fixo para ICMS em todo o Brasil, mas para que cada estado coloque o valor que ele achar que é justo a título de ICMS. O que não pode é o pessoal me culpar pelo preço da gasolina", alegou.

Ele justificou ainda que após zerar por dois meses a cobrança de PIS/Cofins sobre o diesel, os governadores aumentaram o ICMS. “Eu zerei, por exemplo, todos os impostos do gás de cozinha. Estamos trabalhando com o novo presidente da Petrobras em como diminuir o preço do botijão de 13kg lá na origem. Hoje, está em R$ 42, dá para diminuir. Mas como nós zeramos por dois meses o PIS/Cofins do diesel, o que é que muitos governadores fizeram? Aumentaram o ICMS. Não adiantou de porra nenhuma eu diminuir o ICMS. O que nós todos precisamos? É nos conscientizar do que está acontecendo, não apenas criticar", acrescentou. Apesar da alta em produtos da cesta básica e de outros alimentos, Bolsonaro destacou que não recorrerá ao tabelamento. 

Banco do Brasil

O presidente destacou também que após a troca no comando do Banco do Brasil e diretorias, os produtores rurais possuem melhor comunicação com o banco. "O Banco do Brasil agora age de forma mais simpática a vocês. Nós trocamos todo mundo do Banco do Brasil, eu não troco um, quando eu troco é todo mundo. No meu governo, eu troco todo mundo e não tem troca-troca", disparou.

Ele1 - Criar site de notícias