Sábado, 15 de Maio de 2021 23:12
0
Cidades Toque de recolher

Das 22h às 5h: a partir desta quarta, Campo Grande tem novo horário de toque de recolher

A medida que abranda a medida restritiva valerá apenas na Capital e vai até o próximo domingo (9).

04/05/2021 16h35 Atualizada há 2 semanas
Por: Andressa Macedo Fonte: G1 MS
Equipes da Guarda Civil Metropolitana estarão nas ruas após o horário permitido — Foto: GOVMS/Divulgação
Equipes da Guarda Civil Metropolitana estarão nas ruas após o horário permitido — Foto: GOVMS/Divulgação

A partir desta quarta-feira (5), Campo Grande terá um novo horário de toque de recolher, a medida valerá das 22h às 5h e segue até o próximo domingo (9). A flexibilização da restrição foi tomada pelo Governo de Mato Grosso do Sul a fim de atender um pedido de associações do setor do comércio, da capital.

Após uma reunião extraordinária, no final do mês de abril, ficou definido que a capital ficará temporariamente na bandeira "laranja" do Programa "Prosseguir", que permite o afrouxamento do horário restritivo para circulação de pessoas.

O Governo do estado destaca que a decisão atende pedidos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul (Fecomercio), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel ) e da Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul (Faems).

A solicitação da flexibilização apreciou o pedido das entidades diante do potencial atributo econômico que envolve o Dia das Mães (9).

Segundo a chefe da Consultoria Legislativa do Governo do Estado, Ana Carolina Ali Garcia, a mudança no toque de recolher atende critérios técnicos e científicos. “Foi feita uma análise e decidido que haverá esta flexibilização durante estes cinco dias, relativizando a regra em função do Dia das Mães, para evitar a concentração de pessoas no mesmo horário no comércio", explicou.

Após o Dia das Mães (9), Campo Grande voltará para bandeira "vermelha", com toque de recolher das 21h às 5h entre os dias 10 e 12 de maio, quando o "Prosseguir" irá atualizar o mapa situacional da Covid em Mato Grosso do Sul.

Ele1 - Criar site de notícias