Sexta, 07 de Maio de 2021 02:41
67 99879-8533
Cidades Economia

Campo Grande dá mais um importante passo para consolidar a rota de integração Latino Americana - RILA

O Acordo de Irmandade e Cooperação será assinado de forma virtual, em decorrência da pandemia.

16/04/2021 10h35 Atualizada há 3 semanas
Por: Andressa Macedo Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura Municipal de Campo Grande
Assessoria de Imprensa Prefeitura Municipal de Campo Grande
Assessoria de Imprensa Prefeitura Municipal de Campo Grande

A fim de estreitar e fortalecer os laços de cooperação e ajuda mútua entre os cidadãos de Campo Grande – MS, e o município de San Salvador de Jujuy, na Argentina, as duas cidades assinam na próxima semana, um Acordo de Irmandade e Cooperação, tornando-se Cidades Irmãs.

Com o Acordo, o objetivo é desenvolver ações conjuntas e concretas nas esferas pública e privada, além de implementar o intercâmbio de conhecimentos, experiências, produtos, serviços e tecnologias nas áreas econômica e da saúde, educação, cultura, esportes, turismo e ciências. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedesc), através da Superintendência de Fomento ao Comércio Exterior, além de outras secretarias, vem trabalhando fortemente na área da diplomacia, construindo acordos bilaterais de irmandade e Cooperação com cidades estratégicas, como o que está sendo celebrado com San Salvador de Jujuy, na Argentina, por onde passará a Rota de Integração Latino Americana (RILA).

Titular da Sedesc, Rodrigo Terra

“O fato de Campo Grande estar no meio Estado, nos coloca em uma posição de destaque no âmbito da logística intermodal. Já estamos com o Terminal Intermodal concluído, o projeto para a relicitação da malha oeste ferroviária está em andamento e, com a ampliação do Aeroporto Internacional de Campo Grande, também em andamento, formamos um conjunto intermodal, entre malha rodoviária, aérea e ferroviária. Este conjunto de obras que conta com o apoio dos governos Federal e Estadual, vem para elevar Campo Grande a um novo patamar de desenvolvimento econômico”, afirma o titular da Sedesc, Rodrigo Terra.

“Também queremos fortalecer o Corredor Rodoviário Bioceânico, mediante a integração dos territórios, ampliação e diversificação das relações comerciais e promoção de novas oportunidades de investimento, emprego e renda, contribuindo para a melhoria das condições de vida dos cidadãos”, explica a Subsecretária de Gestão e Projetos Estratégicos da Prefeitura Municipal de Campo Grande, Catiana Sabadin.

Essa parceria visa ainda tornar as cidades grandes centros de atenção turística, cultural e de desenvolvimento econômico, estimulando o uso de ativos renováveis e o aprofundamento da integração regional, além de promover a integração física e logística e uma multimodalidade, moderna e eficiente, como meios capazes de gerar condições mais favoráveis ao desenvolvimento econômico de seus territórios, permitindo o avanço de projetos de integração produtiva, a promoção de voos regionais e a melhor utilização de suas infraestruturas aeroportuárias e rodoviárias como meios de transporte de passageiros e cargas.

“A ideia é também incentivar a construção de novos centros logísticos regionais, como instrumentos de fomento de novos espaços econômicos de colaboração e cooperação entre os dois países”, completa Catiana.

Ele1 - Criar site de notícias