Segunda, 19 de Abril de 2021 01:24
67 99879-8533
Cidades Desmatando!

PMA de Porto Murtinho utiliza imagem de satélite e autua infrator em R$ 55 mil

O desmatamento ilegal de vegetação nativa protegida por lei teria ocorrido em 2019

27/02/2021 09h05
Por: Redação Fonte: Polícia Militar MS
PMA de Porto Murtinho utiliza imagem de satélite e autua infrator em R$ 55 mil

Campo Grande (MS) – Um desmatamento ilegal em área protegida de reserva legal no município, a 210 km da cidade, foi localizado com uso de GPS, quando Policiais Militares Ambientais de Porto Murtinho realizaram fiscalização em uma fazenda.

A supressão ilegal de 11 hectares de vegetação nativa foi descoberta por técnica de sobreposição de imagem de satélites.

Durante a vistoria, foi utilizado drone para caracterização da área desmatada e aparelho de GPS para localização e aferição. O desmatamento ocorreu entre os dias 6/2/2019 a 23/3/2019, conforme comparação das imagens.

A madeira proveniente da vegetação desmatada ilegalmente parte já havia sido explorada e não se encontrava mais no local e parte estava em leiras. Em toda a área alterada havia pastagem e criação de gado bovino.

O infrator (38), residente em Dourados, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 55.000,00, multa agravada pela área ser protegida por lei. Ele também responderá por crime ambiental com pena de um a três anos de detenção. O infrator foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Porto Murtinho - MS

Porto Murtinho - Mato Grosso do Sul

Sobre o município
Porto Murtinho é um município situado no estado de Mato Grosso do Sul. A cidade é considerada a última guardiã do Rio Paraguai, sendo também portal-sul do Pantanal. Com altitude de 90 m, a diversidade topográfica é bastante marcante. A Unesco reconheceu o Pantanal como uma das mais exuberantes e diversificadas reservas naturais do Planeta integrando-o ao acervo dos patrimônios da humanidade. O turismo de pesca é a sua principal atividade econômica.
Ele1 - Criar site de notícias