Quinta, 25 de Fevereiro de 2021 06:58
67 99879-8533
Geral Transparência

MPMS investiga Plano de Vacinação contra a Covid-19 em mais 2 municípios de MS

Cidades devem informar ações contra os ‘fura-filas’ da vacinação contra o coronavírus; Dourados criou sistema de transparência

24/01/2021 12h20
36
Por: Andressa Macedo Fonte: Midiamax
(Foto: China Daily)
(Foto: China Daily)

O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) abriu novo procedimento administrativo visando a verificar como prefeituras do Estado estão implementando ações para imunização da população contra o novo coronavírus. Desta vez, a 10ª Promotoria de Justiça de Dourados fará as ações no próprio município e em Laguna Carapã.

O edital é assinado pela promotora Rosalina Cruz Cavagnolli, e segue orientação do próprio MPMS para verificar como a imunização contra a Covid-19 caminha no Estado, diante de notícias acerca de autoridades e outras pessoas que estão “furando a fila” da imunização. Em Dourados, a prefeitura já instituiu um sistema de transparência da vacinação (leia mais abaixo).

Em Bataguassu e Cassilândia, o MPMS já tem inquéritos abertos para evitar irregularidade na destinação das doses –as prefeituras deverão prestar informações às Promotorias locais. Já em Nioaque, denúncia de que o prefeito Valdir Junior (PSDB), de 37 anos, foi imunizado durante esforço de vacinação na Aldeia Brejão já está sob apuração.

A apuração contra Valdir Junior é a primeira que se tem notícia a ser instaurada pelo MPMS a partir da notificação de que alguém que não integra os grupos prioritários de imunização contra a Covid-19 –população indígena, profissionais de Saúde na linha de frente do enfrentamento, e idosos e portadores de deficiência que vivem em instituições de longa permanência.

Odontólogo, o prefeito alegou ter se vacinado para “incentivar” a população da aldeia a fazer o mesmo. Além disso, afirma que integrou a força-tarefa contra a Covid-19.

Em situação semelhante, a gestora de Saúde de Sonora, Indianara Dantas, 25, postou foto também sendo imunizada. Ao Jornal Midiamax, ela afirmou ser enfermeira, com pós-graduação na área de Trabalho, e que atuou em barreiras sanitárias e outras ações contra o coronavírus no município.

Em Dourados, prefeito criou sistema de transparência para divulgar vacinação

O prefeito Alan Guedes (Progressistas), de Dourados, assinou decreto criando um sistema de transparência para a vacinação contra a Covid-19 na cidade. A intenção é franquear dados da campanha de vacinação aos moradores, como atendimento de cobertura vacinal aos grupos prioritários.

A divulgação abrange o primeiro nome do imunizado e iniciais dos sobrenomes, para resguardar a intimidade, mas sem prejudicar a planilha de dados da Secretaria Municipal de Saúde.

“É dever dos órgãos, especialmente da Secretaria Municipal de Saúde, independente de requerimento, fornecer, semanalmente, à Assessoria de Comunicação do Município de Dourados, planilha, conforme modelo contido no anexo, com todas os nomes das pessoas vacinadas no município, a fim de serem divulgados na página oficial da Prefeitura na Internet”, destaca o texto. A planilha também prevê informações como idade e o grupo prioritário do qual a pessoa faz parte.

Ele1 - Criar site de notícias