Sábado, 05 de Dezembro de 2020 14:07
67 99879-8533
Esportes Na liderança

Flamengo se impõe, vence o Coritiba e assume a liderança do Brasileiro

Rubro-Negro abusa de perder chances, mas vence por 3 a 1 com gols de Bruno Henrique, Arrascaeta e Renê e seca rivais para consolidar a ponta ao fim da rodada

22/11/2020 09h24
22
Por: Andressa Macedo Fonte: Lancenet
ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO
ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Mesmo com um festival de chances perdidas, o Flamengo, enfim, reencontrou o caminho das vitórias neste sábado. Em partida válida pela 22ª rodada do Brasileirão, o Rubro-Negro soube aproveitar a fragilidade defensiva do Coritiba e venceu por 3 a 1, no Maracanã. Bruno Henrique, Arrascaeta e Renê marcaram os gols do clube carioca, que assume a liderança provisória. Já nos acréscimos do segundo tempo, Mattheus Oliveira descontou para os visitantes.

PRIMEIRO TEMPO DE GOLS E CHANCES PERDIDAS

​Pressionado pela vitória, o Flamengo começou o jogo em alta intensidade e abriu o placar logo aos três minutos. Em contra-ataque veloz e fatal, Everton Ribeiro lançou para Bruno Henrique disparar em velocidade e tocar para Arrascaeta. A bola passou pelo uruguaio, que dominou e cruzou de volta para o camisa 27 completar de cabeça para o gol.

Na frente do marcador, o Flamengo seguiu no ataque e não teve dificuldades em criar mais chances. Aos quatro, Vitinho fez boa jogada pela direita e cruzou para Arrascaeta na pequena área, mas o uruguaio não alcançou. Aos 24, Bruno Henrique saiu na cara do gol, driblou o goleiro Wilson, mas finalizou para fora.

De tanto pressionar, o segundo gol rubro-negro enfim saiu aos 26 minutos. Vitinho achou Isla, o chileno cruzou na medida e Arrascaeta bateu de primeira no contra pé do goleiro. Ainda no primeiro tempo, o Flamengo esteve próximo de ampliar o placar, mas parou em Wilson e duas vezes na trave - uma com Everton Ribeiro e outra com Bruna Henrique.

MESMO CENÁRIO NA ETAPA FINAL E FIM DO JEJUM

Após o intervalo, o Flamengo voltou com o mesmo ritmo e, em apenas cinco minutos, teve três chances claras de marcar o terceiro. Mas Bruno Henrique, duas vezes, e Vitinho não aproveitaram e a sina dos gols perdidos continuou.

Sem ser exigido defensivamente, o Flamengo passou a administrar o resultado e a trocar passes no campo de ataque com paciência. E assim chegou ao 3 a 0, aos 30 minutos. Em jogada pelo lado esquerdo, Renê tabelou com Vitinho, driblou o zagueiro e bateu de direita, sem chances para Wilson.

Com o resultado garantido, Rogério Ceni aproveitou para rodar o elenco e poupar alguns jogadores, visando as oitavas de final da Libertadores contra o Racing. Quando a partida se encaminhava para o fim, já nos acréscimos, ainda deu tempo do Coritiba descontar com Mattheus, fazendo valer a lei do ex.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3 X 1 CORITIBA

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 21 de novembro de 2020, às 19h

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Marcus Vinicius Gomes (MG)

VAR: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

Gols: Bruno Henrique (3'/1ºT), Arrascaeta (26'/1ºT) e Renê (30'/2ºT); Mattheus (47'/2T)

Cartão amarelo: Willian Arão (FLA); Sabino, Rodolfo Filemon e Matheus Sales (CRT)

Cartão vermelho: Não houve.

FLAMENGO (Técnico: Rogério Ceni)

Diego Alves; Isla (Matheuzinho), Thuler, Léo Pereira e Renê;  Willian Arão, Gerson (Diego), Everton Ribeiro (Lázaro) e Arrascaeta; Bruno Henrique (Michael) e Vitinho (Pedro Rocha).

CORITIBA (Técnico: Rodrigo Santana)

Wilson; Maílton (Jonathan), Nathan Silva (Brayan Lucumí), Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Matheus Salles, Matheus Galdezani(Yan Sasse) e Giovanni Augusto; Osman (Mattheus) e Robson (Matheus Bueno).

Ele1 - Criar site de notícias