Quinta, 03 de Dezembro de 2020 18:20
67 99879-8533
Esportes Brasileirão

Com um a menos, Palmeiras perde do Goiás com gol nos acréscimos

Mayke acabou expulso aos 38 do primeiro tempo e, em jogo que parecia tranquilo rumo à vitória, time levou gol de fora da área nos acréscimos da segunda etapa

22/11/2020 09h08
24
Por: Andressa Macedo Fonte: Lancenet
Expulsão de Mayke deixou equipe com um a menos desde o primeiro tempo (Cesar Greco/Agência Palmeiras)
Expulsão de Mayke deixou equipe com um a menos desde o primeiro tempo (Cesar Greco/Agência Palmeiras)

A história parecia tranquila, mas aconteceu tudo diferente. O desfalcado Palmeiras visitou o lanterna Goiás na noite deste sábado, na Serrinha, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, e perdeu por 1 a 0 com gol já nos acréscimos, com um a menos desde os 38 minutos do primeiro tempo. Com o resultado, a equipe perdeu a chance de assumir a terceira colocação.

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Os primeiros segundos pareciam indicar uma forte pressão do Palmeiras, mas os 30 minutos iniciais foram mornos, com preocupações adicionais por conta das saídas de Luiz Adriano e Douglas Baggio por problemas musculares. A situação ficou pior para os visitantes quando Mayke acabou expulso aos 38, após o árbitro ter sido chamado pelo VAR para avaliar uma solada do lateral em um adversário. O Goiás, então, chegou com perigo, mas o marcador permaneceu 0 a 0.

Na segunda etapa, a história não mudou, com alguns contra-ataques dos visitantes e defesas de Tadeu. Já o Esmeraldino teve apenas duas chances de abrir o placar e não desperdiçou em uma delas, com Miguel, que acertou um belo chute de fora da área. Vale lembrar que a equipe paulista tinha mais de 20 desfalques, a maioria deles contaminados por Covid-19.

O Palmeiras tem 34 pontos na tabela, ainda na quinta colocação, e voltará a campo pela competição nacional no próximo sábado (28), contra o Athletico-PR, no Allianz Parque, às 17h. Antes disso, porém, a equipe viaja para enfrentar o Delfín, no Equador, pelo jogo de ida das oitavas da Libertadores, na quarta-feira (25), às 19h15. Já o Goiás, lanterna com 15 pontos, viaja para duelar contra o Fortaleza na quinta (26), pelo Brasileiro, às 20h.

Primeiro tempo ‘maluco’ na Serrinha

Logo nos primeiros segundos, o Goiás saiu errado com a bola e Luiz Adriano quase abriu o marcador em dois chutes diferentes, ambos parados por Tadeu. No entanto, os donos da casa conseguiram encontrar tranquilidade para obter mais posse de bola e equilibrar o confronto, mesmo com as investidas mais ofensivas dos visitantes, apesar de sem perigo. Somente perto dos 20 minutos foi que o Palmeiras conseguiu, em lance de Lucas Lima para Marcelinho, criar uma chance, mas a bola foi pelo lado de fora da rede.

Uma substituição para cada lado aos 25 minutos, Luiz Adriano e Douglas Baggio saíram com lesões musculares, aparentemente, para as entradas de Fabrício, estreante, e Shaylon. A partida continuou morna e, aos 38, Mayke acabou expulso (com chamada do VAR) após entrada dura em Taylon. Com um a menos, Keko conseguiu avançar pela esquerda e passar para Shaylon, que quase abriu o marcador.

Depois, aos 41, novamente Keko partiu pelo lado do campo e Weverton precisou realizar uma grande defesa no contrapé (o impedimento foi marcado na sequência). A resposta veio em seguida com Marcelinho.

Segundo tempo morno e golaço nos acréscimos

O começo da segunda etapa foi bastante protocolar, sem surpresas em nenhum dos lados e melhor posicionamento defensivo do Palmeiras em comparação com o fim da primeira etapa. No entanto, na parte ofensiva praticamente nada foi produzido. Aos 14, grande oportunidade de o Esmeraldino abrir o marcador, com cruzamento de Jefferson direto na cabeça de Fernandão, para fora.

A melhor chance do time visitante veio aos 25 minutos, com saída errada do Goiás e retomada de bola pela esquerda com Patrick de Paula, que passou para Ramires na entrada da área, mas o chute foi mais fraco que o esperado e a bola ficou nas mãos do Tadeu. Depois, o goleiro novamente trabalhou aos 34, com chute de fora da área de Patrick.

No entanto, foi do Goiás, já nos acréscimos, que o gol saiu. Miguel, que entrou na segunda etapa, arriscou de longe e acertou no ângulo de Weverton, sem chance de defesa.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 1 x 0 PALMEIRAS

Local: Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia (GO)

Data e Horário: 21 de novembro de 2020 (sábado), às 21h (de Brasília)

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)

Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)

VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Cartões amarelos: Renan, Abel Ferreira e Gabriel Menino (Palmeiras); Miguel (Goiás)

Cartões vermelhos: Mayke (Palmeiras)

GOLS: Miguel, aos 46 minutos do segundo tempo.

GOIÁS: Tadeu; Taylon (Rafael Moura, aos 23'/2ºT), David Duarte, Fábio Sanches e Jefferson (Rodrigues, aos 33'/2ºT); Breno, Ariel Cabral (Miguel Figueira, aos 33'/2ºT) e Gustavo Blanco (Alyson, no intervalo); Keko, Fernandão e Douglas Baggio (Shaylon, aos 25’/1ºT). Técnico: Augusto César (interino)

PALMEIRAS: Weverton; Emerson Santos, Gustavo Gómez e Renan; Marcos Rocha, Patrick de Paula, Ramires e Mayke; Lucas Lima (Lucas Esteves, aos 42’/1ºT), Marcelinho (Gabriel Menino, aos 42’/1ºT) e Luiz Adriano (Fabrício, aos 25’/1ºT) (Luan, aos 44'/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

Ele1 - Criar site de notícias