Sábado, 05 de Dezembro de 2020 14:06
67 99879-8533
Polícia Crime

Ladrões fazem limpa e levam filhote de pitbull de casa em MS: 'Desumano, levaram um membro da família'

Vítima diz que chegou do trabalho quando viu janela e portas do imóvel abertas. Ela então foi no fundo da casa e não encontrou o filhote, usando as redes sociais para fazer desabafo e oferecer recompensa em MS.

19/11/2020 10h45
38
Por: Andressa Macedo Fonte: G1 MS
Ladrões levaram animal além de pertences da casa, diz vítima — Foto: Redes Sociais/Reprodução
Ladrões levaram animal além de pertences da casa, diz vítima — Foto: Redes Sociais/Reprodução

Ladrões fizeram limpa em uma casa no bairro Ramez Tebet, em Campo Grande, levando eletrônicos, roupas e também um filhote de pitbull, no dia 13 de novembro. Indignada, a dona do filhote Betoven usou as redes sociais para fazer um desabafo e apelo para a devolução do animal, cuja gravidez foi planejada e ela oferece recompensa de R$ 500.

"Muito desumano o que fizeram, levaram um membro da família. É como se fosse um filho para mim e só quem ama animais, cachorros é que sabe. Eu cheguei em casa com meu esposo após o trabalho e já vi o portão e janela abertos. A primeira coisa que vi é o painel sem a televisão e depois fui no fundo da casa, quando percebi que o Betoven não estava, só a mãe dele mesmo, bem abatida", afirmou ao G1 a secretária Anne Priscila Colombo, de 35 anos.

Conforme Anne, ao fazer o boletim de ocorrência, os policiais disseram que, somente naquele semana, outras pessoas teriam feito queixas de furtos de casa, em que também levaram os animais. "O policial da Depac [Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário] me disse que os ladrões foram em uma casa e mataram três cães envenenados para entrar lá. Eu acredito que fizeram o mesmo com a minha pitbull", lamentou.

Segundo a secretária, o seu cão pitbull não deixa ninguém se aproximar do portão e até mesmo com parentes é necessário gritar para ela parar de latir. "Ela estava no fundo, quieta quando chegamos e ficou três dias sem comer. Eu marquei de levá-la ao médico no sábado agora, então, acredito que fizeram algo com ela, sem contar que levaram o filhote. Foi uma gravidez tão planejada dela, paguei todo o tratamento veterinário, cesárea, é bem complicado", disse.

Nesta semana, Anne disse que está colocando câmeras de circuito interno e também cerca elétrica no local. "Não bastasse todo o prejuízo ainda tivemos que investir em segurança. Parece que as pessoas de bem é que tem que ficar refém, trancada em casa e os bandidos à solta. Mesmo assim penso que nós continuamos trabalhando, bens materiais a gente recupera. O pior é o meu animal, que eu tanto queria, tive o cuidado de dar sempre a melhor ração e hoje mesmo ele tinha vacina para tomar. Só quero ele de volta", disse.

A Polícia Civil ressalta que, geralmente, os bandidos escolhem locais mais convenientes, com facilidades como a falta de câmera e cerca elétrica, por exemplo, para entrar e cometer o crime. Sobre os casos de envenenamento de animais, ainda não há uma estatística oficial de quantos ocorreram no mês, porém, existe essa possibilidade e a orientação é fazer queixa para que o fato possa ser investigado.

Quem tiver informações pode ligar para Anne no telefone: (67) 98176 - 1689.

Ele1 - Criar site de notícias