Sábado, 05 de Dezembro de 2020 14:10
67 99879-8533
Esportes Imortal classificado

Resolveu! Diego Souza faz dois e Grêmio passa tranquilo pelo Cuiabá na Copa do Brasil

Depois de vencer a partida de ida, Tricolor foi ainda mais dominante no confronto de volta e viu centroavante marcar os gols que ratificaram classificação para a semifinal

19/11/2020 07h50
23
Por: Andressa Macedo Fonte: Lancenet
Diego Souza fez os dois gols do Grêmio (Everton Pereira/Ofotografico)
Diego Souza fez os dois gols do Grêmio (Everton Pereira/Ofotografico)

Não houve espaço para surpresas na Arena do Grêmio pelas quartas de final da Copa do Brasil na tarde desta quarta-feira. Jogando com a vantagem da vitória na ida por 2 a 1, o time da casa foi eficiente e bateu novamente o Cuiabá por 2 a 0, carimbando o seu passaporte para a semifinal da competição. Diego Souza anotou os gols.

Garantido na semifinal do torneio onde tem cinco conquistas, o Imortal agora aguarda o qualificado que virá de São Paulo e Flamengo, adversários dessa quarta-feira (18) às 21h30 no Morumbi, com os paulistas jogando pelo empate.

REPETIU A DOSE...

Se foi da cabeça de Diego Souza a abertura do marcador na primeira partida entre as equipes, foi também do atacante gremista usando o mesmo recurso que o time da casa conseguiu a abertura do placar nesta quarta. Pepê recebe bola pelo lado esquerdo em triangulação montada pelo setor e cruzou na medida para o camisa 29 testar no extremo canto esquerdo de João Carlos que até pulou, mas não alcançou a bola que estufou as redes cuiabanas.

...E CABIA MAIS

Dentro de uma estratégia bastante eficiente de marcação pressão nos primeiros minutos para a posterior compactação no seu plano defensivo tentando sair nos espaços do adversário na retomada rápida, o Grêmio ia envolvendo o Cuiabá que, por sua vez, não conseguia desenvolver seu jogo rápido e, por consequência, não assustava a meta defendida por Vanderlei. 

Com isso, o marcador nos primeiros 45 minutos só não foi ampliado pelos gaúchos quando Diego Souza perdeu uma oportunidade clara após novo passe de Pepê desviada pela zaga do Cuiabá além dos tentos de Pepê e David Braz terem sido anulados corretamente pela arbitragem por impedimentos.

SEM ESCAPATÓRIA

De tanto insistir efetivamente na sua proposta de jogo e conseguindo manter o poder de concentração, o Tricolor finalmente conseguiu a ampliação da sua vantagem já confortável na puxada de contra-ataque onde Pepê saiu em disparada pelo lado esquerdo e tocou para Diego Souza dominar e bater cruzado, no alto, quando João Carlos tentou abafar a finalização.

ADMINISTRAÇÃO

O Grêmio notoriamente diminuiu seu ritmo de marcação e tratou de aguardar o Cuiabá no seu campo defensivo, cuidando dos espaços que poderia ceder atrás em adendo a poupar fôlego de suas principais peças estando com a qualificação bem encaminhada. Por outro lado, mesmo tendo mais campo para atuar, o Dourado não conseguia ser agudo o suficiente para colocar Vanderlei em maior evidência na partida apesar de alterações que tentavam tornar o time mais presente no ataque.

Assim, a etapa complementar transcorreu com alguns lances interessantes, porém nada que interferisse na bem encaminhada passagem do Grêmio a semifinal confirmada pelo apito final do árbitro mineiro Felipe Fernandes de Lima.

FICHA TÉCNICA

​GRÊMIO 2 x 0 CUIABÁ

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)

Data e hora: 18/11/2020 - 16h30

​Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)

Assistentes: Ricardo Junio de Souza e Marcus Vinicius Gomes (ambos MG)

VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

​Cartões amarelos: Williams Santana (CUI)

Cartões vermelhos: -

Gols: Diego Souza (9' e 41'/1°T)

GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, David Braz e Diogo Barbosa; Darlan (Ferreira, aos 17'/2°T), Matheus Henrique (Lucas Silva, aos 29'/2°T) e Jean Pyerre (Thaciano, aos 38'/2°T); Pepê, Diego Souza (Churín, aos 17'/2°T) e Everton (Isaque, aos 29'/2°T). Técnico: Renato Portaluppi.

CUIABÁ: João Carlos; Hayner (Diego Jardel, aos 23'/2°T), Ednei, Anderson Conceição e Romário; Nenê Bonilha (Auremir, aos 34'/2°T), Matheus Barbosa e Elvis; Maxwell (Pierini, aos 35'/2°T), Willians Santana (Perdigão, aos 34'/1°T) e Yago (Lennon, no intervalo). Técnico: Allan Aal.

Ele1 - Criar site de notícias