Segunda, 19 de Outubro de 2020 11:02
67 99879-8533
Dólar comercial R$ 5,61 -0.67%
Euro R$ 6,6 -0.19%
Peso Argentino R$ 0,07 -1%
Bitcoin R$ 69.287,5 +3.056%
Bovespa 99.710,73 pontos +1.43%
Economia Auxílio emergencial

Caixa paga auxílio emergencial a 3,6 milhões de trabalhadores nascidos em julho nesta sexta-feira; veja o calendário

Os saques em dinheiro e transferências para quem recebe o crédito nesta sexta-feira serão liberados a partir do dia 26 de novembro.

16/10/2020 08h30
15
Por: Andressa Macedo Fonte: extra.globo.com
Caixa depositará os recurso no aplicativo Caixa Tem Foto: Bárbara Lopes
Caixa depositará os recurso no aplicativo Caixa Tem Foto: Bárbara Lopes

A Caixa realiza nesta sexta-feira (dia 16) o pagamento do auxílio emergencial para 3,6 milhões de beneficiários nascidos em julho. Os depósitos se referem ao ciclo 3 de pagamentos. Desse total, 1,3 milhão receberão o dinheiro das parcelas do auxílio emergencial. Os outros 2,3 milhões serão contemplados com a primeira parcela da prorrogação do benefício de R$ 300.

A partir de hoje, os valores podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas em mais de um milhão de estabelecimentos comerciais.

Os saques em dinheiro e transferências para quem recebe o crédito nesta sexta-feira serão liberados a partir do dia 26 de novembro.

Calendário:

Os nascidos em agosto recebem os pagamentos do ciclo 3 do auxílio na outra quarta-feira, dia 21 de outubro. Serão cerca de 3,6 milhões de pessoas. Os saques poderão ser feitos somente no dia 28 de novembro.

Ainda na próxima semana, no domingo (dia 25), 3,7 milhões de trabalhadores nascidos em setembro receberão os depósitos em conta e os saques serão disponibilizados somente em 28 de novembro.

Saques do ciclo 2

Na próxima terça-feira (dia 20), a Caixa libera saques e transferências bancárias para 4 milhões trabalhadores nascidos em outubro, que receberam o pagamento referente ao ciclo 2 nas contas digitais do Caixa Tem.

Na quinta-feria (dia 22), será a vez de 3,8 milhões de beneficiários nascidos em novembro, e no dia 27 de outubro, os saques estão disponíveis para os nascidos em dezembro.

Trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app poderão sacar ou transferir:

- aprovados no primeiro lote poderão sacar a quinta parcela;

- aprovados no primeiro lote, mas que tiveram o benefício suspenso, poderão sacar a quinta parcela

- aprovados no segundo lote poderão sacar a quarta parcela;

- aprovados no terceiro lote poderão sacar a terceira parcela;

- aprovados no quarto lote poderão sacar a terceira parcela;

- aprovados no quinto lote poderão sacar a segunda parcela;

- aprovados no sexto lote poderão sacar a segunda parcela;

- aprovados no sétimo lote poderão sacar a primeira parcela;

- reavaliados (que tiveram o benefício suspenso em agosto) poderão sacar todas as parcelas já recebidas em poupança digital

Parcela extras

O benefício criado em abril pelo governo federal foi estendido até 31 de dezembro por meio da Medida Provisória (MP) nº 1000. Serão quatro parcelas extras de R$ 300,00 cada e, no caso das mães chefes de família monoparental, o valor é de R$ 600,00.

Não há necessidade de novo requerimento para receber a extensão do auxílio. Somente aqueles que já foram beneficiados. Segundo o governo, a partir de agora, se enquadram nos novos requisitos estabelecidos na MP, terão direito a continuar recebendo o benefício.

Ele1 - Criar site de notícias