Segunda, 19 de Outubro de 2020 17:17
67 99879-8533
Cidades Presente!

Nos 242 anos de Corumbá, investimentos do Estado garantem água, esgoto, pronto-socorro e integração viária

Para garantir o fornecimento regular de água na parte alta da cidade, a Sanesul investiu pesado em equipamentos de alta resolutividade.

21/09/2020 08h35 Atualizada há 4 semanas
39
Por: Redação Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
Edificação do novo complexo de saúde, em área de 3.661 m², com conclusão prevista para ainda este ano
Edificação do novo complexo de saúde, em área de 3.661 m², com conclusão prevista para ainda este ano

Os investimentos do Governo do Estado em Corumbá, contemplando setores primordiais como saneamento básico, saúde, habitação, educação e infraestrutura urbana, eliminaram problemas cruciais da população – falta de água na parte alta da cidade e deficiências no atendimento médico-hospitalar. Também garantiram moradia digna, qualidade no ensino público, mais segurança na região fronteiriça e melhoria do sistema viário urbano e rural.

Comemorando nesta segunda-feira (21/9), 242 anos de fundação, o quarto maior município de Mato Grosso do Sul em população recebeu, na gestão do governador Reinaldo Azambuja (2015-2020), o maior volume de recursos em mais de 40 anos: R$ 379 milhões. Destes, R$ 367 milhões foram destinados a obras prioritárias que beneficiam diretamente os corumbaenses, sendo a maior soma (R$ 129 milhões) em pavimentação asfáltica, drenagem, manutenção de estradas e construção de pontes de concreto.

"Pactuamos com Corumbá uma grande parceria, cujos resultados são demonstrados efetivamente em obras e serviços em benefício da população", disse o governador Reinaldo Azambuja, reafirmando compromissos com a região. "Estabelecemos com a prefeitura local um programa de investimentos, dentro do Governo Presente, e vamos cumpri-lo. Quero parabenizar Corumbá, nestes 242 anos, pela sua história, sua gente, desejando um futuro promissor para esta região de grande potencial econômico, cultural e ambiental", destacou.

Acabou o sofrimento - A ampliação e modernização da rede de água e esgoto, com investimentos em recursos próprios e convênios com o governo federal de R$ 89,9 milhões, será um dos maiores legados que o atual governo deixará para a Capital do Pantanal. A melhoria do sistema de captação, tratamento e distribuição de água, com a construção de novos reservatórios e estações elevatórias, eliminou um drama vivido pelos moradores por décadas.

“Antigamente, a água chegava aqui na torneira em conta-gotas”, lembra a manicure Yolanda Barbosa Rodrigues, 24, moradora do Residencial Flamboyant, construído pelo Estado em parceria com a União. “A gente passava vários dias sem água, era um Deus nos acuda, muita sujeita, as crianças sem higiene. Agora, está às mil maravilhas, tem água todo dia”, diz ela. “O sofrimento passou, a gente agradece muito o empenho do nosso governador.”

Para garantir o fornecimento regular de água na parte alta da cidade, a Sanesul investiu pesado em equipamentos de alta resolutividade, desde o controle de qualidade e eficiência na captação e tratamento, sistema de distribuição, substituição de rede e reservatórios. Para atender ao Flamboyant, onde residem 846 famílias, a empresa construiu um reservatório de 500 mil litros e água, já prevendo a expansão populacional na região.

“Fizemos até protesto com a falta de água, o jeito era lavar roupa na casa de minha mãe, do outro lado da cidade”, conta a dona de casa Darlene Souza Silva, 36, moradora no Bairro Guató. “Hoje não tem mais esse problema, a gente fica muito feliz pelo governo nos amparar num item que é essencial na nossa vida”, acrescenta.

Corumbá - MS

Corumbá - Mato Grosso do Sul

Sobre o município
Corumbá (Banco de Cascalho no idioma tupi-guarani; é um município do estado de Mato Grosso do Sul. Possuía em 2018 população de 110.806 habitantes. É uma das mais antigas e conservada do MS, considerando a data de fundação do Forte Coimbra em setembro de 1775. A criação da cidade de Santiago de Xerez de 1593 e das instalações de povoações jesuíticas da ocupação espanhola mesmo anteriores ao forte foram destruídas por bandeirantes luso-paulistas. É conhecida por sua diversidade cultural.
Ele1 - Criar site de notícias