Segunda, 10 de Agosto de 2020 20:32
67 99879-8533
Polícia Briga após festa

Justiça manda a júri popular acusado de matar namorada ao passar com caminhonete duas vezes sobre ela

Ele foi pronunciado por feminicídio qualificado pelo uso do meio cruel. Crime aconteceu em Caarapó (MS), em março de 2019.

30/07/2020 10h34
16
Por: Redação 2 Fonte: G1 MS
Thiago e Carla namoravam há 2 anos — Foto: Facebook/Reprodução
Thiago e Carla namoravam há 2 anos — Foto: Facebook/Reprodução

A Justiça de Mato Grosso do Sul mandou a júri popular Thiago Belatores, acusado de matar a namorada passando com a caminhonete que dirigia duas vezes sobre ela. O crime aconteceu em Caarapó (MS), em março de 2019.

Conforme a sentença de pronúncia, publicada na edição desta quinta-feira (30), do Diário da Justiça, Thiago responde por feminicídio qualificado pelo emprego do meio cruel.

Segundo informações divulgadas pela polícia logo após o crime, Thiago e Carla Sampaio Tanan, de 36 anos, que namoravam há dois anos, estavam em uma festa e lá tinham ingerido bebidas alcóolicas.

Logo após terem saído do evento, o casal discutiu dentro do veículo. Thiago mandou que Carla saísse da caminhonete e então houve o atropelamento. A defesa dele na época disse que o que houve foi um acidente, "uma tragédia".

Na versão de Thiago para a polícia, ao sair do carro, a mulher começou a bater na porta e para impedir que ele fosse embora, se jogou na frente e então foi atropelada. A suspeita da polícia é de que ele tenha acelerado a picape que dirigia e passado por cima da namorada propositadamente.

Ele1 - Criar site de notícias