Segunda, 03 de Agosto de 2020 14:11
67 99879-8533
Dólar comercial R$ 5,32 1.866%
Euro R$ 6,25 +1.574%
Peso Argentino R$ 0,07 +1.524%
Bitcoin R$ 64.382,21 +0.204%
Bovespa 103.573,7 pontos +0.64%
Economia Irregularidades

TCU aponta que ao menos 6,5 mil pedidos do auxílio emergencial em MS estão com alguma irregularidade

Número pode ser ainda maior, pois o levantamento não considerou informações mais atualizadas que envolvem funcionários públicos estaduais e municipais.

03/07/2020 09h33
131
Por: Redação 2 Fonte: G1 MS
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Levantamento do Tribunal de Contas da União (TCU) aponta que ao menos 6,5 mil pedidos do auxílio emergencial, em Mato Grosso do Sul, possuem alguma irregularidade. O número pode ser ainda maior, pois o trabalho não considerou informações mais atualizadas que envolvem funcionários públicos estaduais e municipais, que, conforme a Controladoria-Geral da União (CGU), são mais de 4 mil.

Em todo o país são ao menos 620 mil pedidos dos R$ 600 suspeitos de fraudes. Por causa disso, o TCU decidiu que vai enviar ao Ministério Público Federal (MPF), os casos mais graves de irregularidades. A partir daí, as pessoas que receberam o auxílio sem ter o direito poderão ser responsabilizadas judicialmente.

O relatório do TCU aponta ainda que a principal fraude pode estar ligada a beneficiários do INSS. Ou seja, pessoas que recebem pela Previdência Social e, mesmo assim, buscaram o auxílio dos R$ 600, o que não é permitido.

São 3.381 pedidos de pessoas que recebem pelo INSS; outros 1.824 de quem recebe benefício emergencial; 467 de servidores e pensionistas federais; 396 de quem recebe seguro desemprego; 208 com nomes de pessoas já falecidas e 157 de quem tem renda superior ao limite.

Conforme o relatório, seis estados e o Distrito Federal tiveram menos irregularidades que Mato Grosso do Sul. Quem conseguiu o benefício de forma irregular pode devolver os valores através de guia de recolhimento da união, uma espécie de boleto. Com isso, o valor recebido volta à União.

Ele1 - Criar site de notícias