Terça, 14 de Julho de 2020 03:40
67 99879-8533
Geral Clandestinidade

Agepan aborda mais de 120 veículos em fiscalização contra o transporte clandestino

Foram feitas sete autuações em cinco dias no Estado.

05/06/2020 15h13
34
Por: Redação 2 Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
Agepan aborda mais de 120 veículos em fiscalização contra o transporte clandestino

As ações de combate ao transporte clandestino de passageiros nas rotas intermunicipais resultaram em 122 abordagens na última semana de maio. O balanço das operações da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) mostra que foram feitas sete autuações entre os dias 25 e 29.

As fiscalizações ocorreram nas saídas de Campo Grande, nos postos da Polícia Rodoviária Federal em Sidrolândia, Rio Brilhante, Dourados, Terenos e Três Lagoas, na localidade de Aguão, nos perímetros urbanos de Dourados, Brasilândia, Itaporã e distrito de Vestia, em Serviria.

Dois ônibus da empresa Breda Transporte e Serviços foram autuados por realização de fretamento continuo de Campo Grande a Ribas do Rio Pardo sem portar a licença devida. Um dos carros ainda estava com a vistoria vencida desde fevereiro deste ano. Um automóvel agregado à Cooperativa Cooper 3 foi autuado na mesma operação por realizar fretamento eventual de Água Clara a Campo Grande sem estar autorizado pela Agepan. Ônibus agregado dessa mesma cooperativa foi autuado por fretamento continuo sem licença, na rota Três Lagoas-Selvíria.

Dois táxis foram autuados em flagrante prática de transporte não autorizado, levando passageiros com cobrança de passagem entre Água Clara e Três Lagoas. Mais uma autuação ocorreu ao operador autônomo da linha Caarapó – Dourados, por estar utilizando no serviço um micro-ônibus não registrado na Agência.

DENÚNCIAS

Nas operações volantes que vem sendo realizadas, os fiscais têm recebido diversas denúncias de prática de transporte clandestino por carros de passeio particulares, como na linha Antônio João – Ponta Porã. As fiscalizações estão sendo intensificadas para coibir a prática, que é passível de autuação, multa e apreensão de veículo que estiver promovendo esse tipo irregularidade no serviço público de transporte intermunicipal.

Ele1 - Criar site de notícias