Segunda, 21 de Setembro de 2020 21:05
67 99879-8533
Entretenimento Desinteressados

Festa do Oscar tem a menor audiência da história

Cerimônia durou mais de três horas e meia e contou com diversos apresentadores.

12/02/2020 08h36
84
Por: Redação 2 Fonte: Correio do Povo
Edição de 2020 certamente será lembrada por ter premiado como melhor filme
Edição de 2020 certamente será lembrada por ter premiado como melhor filme "Parasita" - Foto: KEVIN WINTER/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP

A transmissão da 92ª edição dos Prêmios da Academia alcançou na noite de domingo a pior audiência de sua história, com apenas 23,6 milhões de espectadores nos Estados Unidos, uma forte queda em comparação com o ano passado, segundo a rede de TV ABC. Em 2019 pararam em frente ao televisores americanos para assistir aos Oscar, prêmio mais famoso do cinema, 29,6 milhões de pessoas, depois de 2018, em que apenas 26,5 milhões assistiram, o menor número até aquele momento.

A edição de 2020 certamente será lembrada por ter premiado como melhor filme "Parasita", primeiro longa-metragem de língua estrangeira a ganhar a estatueta mais cobiçada. Mas os críticos concordam que a cerimônia, que durou mais de três horas e meia, foi tediosa e deixou poucos momentos memoráveis. Pelo segundo ano consecutivo, os organizadores do prêmio decidiram excluir a figura do apresentador único, na esperança de repetir o sucesso de 2019, mas as atuações das estrelas que se revezaram fazendo piadas e apresentar os prêmios foram em geral decepcionantes.

O diretor sul-coreano Bong Joon-ho "evitou que a cerimônia fosse uma das piores da história" dos Oscar, escreveu o site especializado IndieWire. "Grande parte do que se propôs durante os Oscar 2020 simplesmente não funcionou". Quanto aos números musicais, entre Randy Newman e Elton John, "parecia todas as cerimônias dos Oscar que já se viu nas últimas duas ou três décadas", publicou o Washington Post. 

A audiência, que em 2014 superou os 43 milhões, não deixou de cair nos últimos anos nos Estados Unidos, assim como o resto das cerimônias da temporada de prêmios (como Globos de Ouro e Grammy). O Oscar foi alvo de duras críticas mais uma vez nesse ano por sua falta de diversidade étnica e cultural nas indicações, além da ausência de mulheres na categoria de melhor direção. Surgiram até pedidos de boicote nas redes sociais. Das 39 estatuetas douradas entregues nessa edição, um terço foi parar nas mãos de mulheres.

Ele1 - Criar site de notícias