Segunda, 21 de Setembro de 2020 21:33
67 99879-8533
Polícia Ciúmes de uma menor

Menina de 13 anos teria sido morta porque estaria se relacionando com o ex da suspeita, diz garoto à polícia

Adolescente de 15 anos contou à polícia que a mulher estava com ciúmes. Ela está presa. Caso foi em Chapadão do Sul (MS).

23/01/2020 13h56
154
Por: Redação 2 Fonte: G1 MS
Corpo de adolescente foi encontrado com as mãos e pés amarrados enterrado em uma lavanderia, em Chapadão do Sul (MS). — Foto: Facebook/Reprodução
Corpo de adolescente foi encontrado com as mãos e pés amarrados enterrado em uma lavanderia, em Chapadão do Sul (MS). — Foto: Facebook/Reprodução

A adolescente Ingrid Lopes Ribeiro, de 13 anos, encontrada morta quarta-feira (22), em Chapadão do Sul, a 335 quilômetros de Campo Grande, pode ter sido assassinada porque estaria se relacionando com o ex companheiro da suspeita presa pelo crime.

É o que aponta o depoimento de um adolescente de 15 anos, que confessou ter esfaqueado, dado machadadas e enterrado o corpo da garota. Tudo a pedido e com ajuda da mulher de 30 anos, presa quando o cadáver foi encontrado na casa dela.

De acordo com o delegado Fábio Potter, após diversas diligências realizadas nesta quinta-feira (23), chegou-se à suspeita de envolvimento do adolescente, que prestou depoimento acompanhado do pai e "contou detalhes" do assassinato.

"A versão do menor é bem mais consistente", fala o delegado. "E ainda é coerente com a primeira denúncia que a Polícia Civil recebeu", diz.

Na versão da suspeita, Ingrid foi morta devido a desacerto do tráfico de drogas, por pessoas de fora da cidade e ela só teria deixado enterrar o corpo no local.

Já o adolescente, conforme a autoridade policial, contou que a mulher "queria matar a Ingrid porque estava com ciúmes de um possível relacionamento da menor com o seu ex".

Ainda na versão do garoto, ele e a suspeita atraíram Ingrid para a casa onde o corpo foi encontrado, a mataram e quatro dias depois voltaram para o local, fizeram uma cova rasa e o enterraram. Ela estava com as mãos e pés amarrados e ainda com um saco plástico na cabeça.

A mulher está presa por ocultação de cadáver. A polícia deve pedir a internação do adolescente e fazer mais diligências.

Ele1 - Criar site de notícias