Levou nos pênaltis

Na estreia de Luxa, Palmeiras fica no 0 a 0 e vence disputa com 20 pênaltis

Verdão empata com o Atlético Nacional no tempo normal da Florida Cup e bate os colombianos nas penalidades por 10 a 9. Garotos da base chamaram a atenção.

16/01/2020 07h05Atualizado há 2 dias
Por: Redação 2
Fonte: Lancenet
Palmeiras empatou no tempo normal, mas venceu nas penalidades na estreia da Florida Cup - Foto: Cesar Greco
Palmeiras empatou no tempo normal, mas venceu nas penalidades na estreia da Florida Cup - Foto: Cesar Greco

A estreia de Vanderlei Luxemburgo no Palmeiras teve 90 minutos com poucas chances, mas bastante emoção depois disso. Após empatar em 0 a 0 com o Atlético Nacional (COL) no tempo normal, o time brasileiro venceu a disputa por pênaltis por 10 a 9 na estreia da Florida Cup. O regulamento da competição prevê a disputa para partidas que terminem em igualdades. O Verdão leva dois pontos, enquanto o Atlético soma apenas um.

O técnico está usando o torneio como parte de sua pré-temporada e escalou dois times - um em cada tempo. A carga de trabalho foi dosada, pois o elenco trabalhou em dois períodos, como no restante dos dias nos Estados Unidos. A meta é preparar o time para a estreia do Campeonato Paulista, quarta-feira que vem, contra o Ituano.

Dudu lidera e Lucas Lima mostra disposição

A escalação titular do Palmeiras teve como novidades a ida do capitão Felipe Melo para a zaga, a estreia do garoto Patrick de Paula no meio-campo e Raphael Veiga escalado como ponta esquerda. 

Ainda contando muito com bolas longas, o Verdão teve Dudu como jogador mais perigoso da etapa inicial, e Lucas Lima chamou a atenção por sua movimentação. O camisa 7 teve uma ótima chance, mas chutou por cima.

Felipe, ainda adaptando-se à nova posição, cometeu um erro na saída de bola, mas teve uma atuação em geral segura, com bons desarmes. Patrick foi discreto em sua primeira partida como profissional, e os dois times foram para o intervalo com 0 a 0.

Após sustos, garotos se destacam

O Verdão voltou do intervalo todo mudado e teve dificuldades no começo do segundo tempo, com Jailson fazendo três defesas importantes. Quando o Palmeiras conseguiu controlar o ímpeto do Atlético Nacional, alguns de seus meninos começaram a se destacar.

No meio-campo, Gabriel Menino foi bem na distribuição de jogo, com passes verticais. Wesley, de volta após empréstimo ao Vitória, deu muito trabalho pelos lados do campo, invertendo com Veron. Ele chegou a reclamar de um pênalti no fim da partida, mas o árbitro não marcou nada.

Apesar da pressão nos minutos finais, inclusive com uma grande chance em chute de Veron que passou rente à trave, o Palmeiras não conseguiu abrir o placar no tempo normal. Pelo regulamento da Florida Cup, se a partida termina empatada é preciso definir um vencedor nos pênaltis.

Victor Luis, Luan, Alan, Gabriel Menino, Willian, Emerson Santos, Wesley, Ramires, Mayke e Veron bateram nesta ordem e converteram todas as cobranças. Jailson pegou a 10ª cobrança do Atlético Nacional, de Velásquez, e definiu o resultado.

O próximo jogo do Verdão será no sábado, contra o New York City (EUA). O Corinthians é o outro time da Florida Cup, mas não haverá Dérbi no torneio.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 0 (10) X (9) 0 ATLÉTICO NACIONAL (COL)

Competição: Florida Cup

Local: Exploria Stadium, Orlando, Flórida, Estados Unidos da América

Data: 15 de janeiro de 2020 (quarta-feira)

Horário: 22h50 (de Brasília)

Árbitro: Elvis Osmanovic (EUA)

Assistentes: Kyle Cividanes (EUA) e Madzid Coric (EUA)

Gols: -

Cartões amarelos: Marcos Rocha e Gustavo Gómez (Palmeiras)

PALMEIRAS: Weverton (Jailson); Marcos Rocha (Mayke), Felipe Melo (Luan), Gustavo Gómez (Emerson Santos) e Diogo Barbosa (Victor Luis); Patrick de Paula (Gabriel Menino) e Bruno Henrique (Ramires); Dudu (Veron), Lucas Lima (Zé Rafael, depois Alan) e Raphael Veiga (Wesley); Luiz Adriano (Willian) Técnico: Vanderlei Luxemburgo

ATLÉTICO NACIONAL: Aldair Quintana (José Cuadrado); Helibelton Palacios, Diego Braghieri, Christian Mafla (Sebastián Yabur) e Daniel Muñoz (Cristian Blanco); Sebastian Gómez (Brayan Rovira), Andrés Andrade (Jéfferson Duque) e Neyder Moreno (Deinner Quiñones); Vladimir Hernández (Jarlan Barrera), Baldomero Perlaza (Yílmar Velásquez) e Fabián González (Yerson Candelo) Técnico: Pompílio Páez

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Campo Grande - MS
Atualizado às 10h58
30°
Poucas nuvens Máxima: 33° - Mínima: 23°
34°

Sensação

19.2 km/h

Vento

64.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Cortesia Doe Sangue
Municípios
Espetaculo Delivery
Últimas notícias
Old School Conveniência
Mais lidas
Café Marita
AACC
Cortesia Hemosul