Terça, 07 de Julho de 2020 20:55
67 99879-8533
Polícia Investigando

Dois morrem em ação da polícia do Paraguai que tentava localizar assassino de pecuarista brasileiro

Os agentes buscavam o autor do sequestro e assassinato do pecuarista brasileiro Dilson Bello dos Santos.

28/11/2019 17h20
94
Por: Redação 2 Fonte: G1 MS
Pecuarista Dilson Belho dos Santos foi sequestrado em Capitán Bado, cidade vizinha a Coronel Sapucaia — Foto: Redes sociais/Reprodução
Pecuarista Dilson Belho dos Santos foi sequestrado em Capitán Bado, cidade vizinha a Coronel Sapucaia — Foto: Redes sociais/Reprodução

Um homem e um policial morreram durante uma operação realizada nesta quinta-feira (28) em Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil. De acordo com o Ministério Público do Paraguai, os policiais buscavam o autor do sequestro e assassinato do pecuarista brasileiro Dilson Bello dos Santos, de 59 anos, morto em 27 de julho, durante uma emboscada.

Os agentes localizaram a casa onde o suspeito estava e houve a troca de tiros que resultou nas mortes. O pecuarista brasileiro foi morto em Capitán Bado, município vizinho de Coronel Sapucaia (MS), região de fronteira. De acordo com o Ministério Público do Paraguai, o assassinato ocorreu após criminosos sequestrarem o produtor rural e a família dele e exigirem 100 mil dólares de resgate.

O promotor Hugo Volpe, informou que um grupo armado e encapuzado invadiu a fazenda do pecuarista e sequestraram ele, a esposa e um filho do casal. De acordo com o promotor, não houve tempo para negociação e os bandidos decidiram liberar a mulher e o jovem, porém, mataram o pecuarista e fugiram.

Ele1 - Criar site de notícias